A empresa só tem a ganhar quando os seus colaboradores são também os seus parceiros

As políticas de recursos humanos devem investir no potencial de cada profissional, fomentar a sinergia e o seu compromisso através de uma exigência sadia por resultados. Se a empresa quer ser produtiva e gerar lucros cada vez maiores deve trabalhar a relação de confiança mútua, investir em ações onde cada colaborador seja considerado a pessoa mais importante da organização, sempre com vontade de ajudá-lo a trabalhar em sinergia com os seus colegas, em prol do objetivo único da organização.

Isto só se consegue centrando-se no fator motivacional do capital humano. Motivação (mover para a ação) é um ato constante de paixão, quanto mais a pessoa for automotivada para o trabalho, mais ela estará comprometida e procurará dar o seu melhor a favor da empresa. Por isso é que os empresários devem investir na promoção da paixão de cada colaborador pelo seu trabalho, ao aumentar os níveis de satisfação no trabalho, aumentam os níveis de produtividade.

Cabe à empresa, através dos seus líderes, descobrir o que motiva cada um de seus colaboradores para que se sintam únicos e essenciais à empresa. Investir em ações que estimulem a auto motivação e, consequentemente, o compromisso pode ter um custo, mas o resultado será sempre uma produtividade alta, tanto em quantidade como em qualidade.

As empresas têm de perceber que só este tipo de compromisso das suas equipas de trabalho pode gerar resultados. A isto se chama paixão pelo trabalho, sinal de que o colaborador vai assumir riscos, dar mais do que pode, não vai temer obstáculos, uma vez que as metas da empresa passam também a ser as suas próprias metas.

Os psicólogos nas empresas têm a responsabilidade de aproximar estes dois polos, em que os objetivos têm de ser os mesmos para cada um, sendo os resultados prazerosos para ambos. O trabalho do departamento de recursos humanos consiste em CUIDAR dos colaboradores e mostrar-lhes esse cuidado ao dar significado a si e ao seu trabalho. Só assim consegue criar as condições para eles sintam paixão em tudo o que fazem diariamente dentro da empresa.